Total de visualizações de página

RICHARD HOLDEN




Richard Holden nasceu em agosto de 1828, em Dundee, na Escócia, filho de um casal da igreja anglicana, fora educado nos princípios do Evangelho.
Contava que até aos 21 anos de idade, vivia alheio às coisas de Deus, preferia viver sozinho.
Dois meses depois de completar 21 anos (1849), apanhou uma forte constipação que lhe atacou o peito e então começou a pensar: “Quem sabe se, com esta moléstia, ficarei tísico e morrerei?” Este pensamento o afligiu, mas ao restabelecer-se, logo esqueceu e continuou indiferente, contava ele.
Num domingo de inverno, à tarde, entrou na biblioteca de seu pai para escolher um livro para leva-lo a uma cabana nas colinas onde costumava retirar-se sozinho para leitura. Na estante, duas obras chamaram-no atenção – Uma era de Shakespeare, o célebre poeta, e a outra era a “Teologia” do Dr. Dwight. Ficou indeciso, mas resolveu levar o segundo para ver o que continha.
Ele conta em “Lembranças do Passado”, que o volume começava com um discurso preliminar sobre a “Existência de Deus”, Disse ainda: “A leitura desse discurso impressionou-me de tal maneira, que deu em resultado minha conversão! Subtamente, senti-me na presença de um Deus que existe realmente, de um Ser a quem teria de prestar contas dos meus atos!O meu estado de indiferença anterior transformou-se numa ânsia incontida de obter a salvação! A minha alma deleitava-se em ter descoberto que, na Glória de Deus, existe na verdade um HOMEM VIVO, Filho do Eterno Deus; que esse Filho de Deus tomara a forma humana, aqui vivera, sofrera, morrera e afinal ressuscitara e subira ao trono de Seu Pai, no céu – tudo isto com o propósito de salvar os pecadores! Quão diferentes eram agora as minhas ideias acerca da “grandeza humana”!”
Esteve no Brasil em 1851 como comerciante, foi quando iniciou aprender a língua portuguesa.
Em 1856, vai para Gambier, Ohio, Estados Unidos, onde matricula-se no Seminário Teológico, ligado à Faculdade Kenyon. Diplomou-se em 1859.
Durante sua estadia nos Estados Unidos traduziu para o Português vários escritos religiosos, dentre eles, “O Livro de Oração Comum” e vários hinos tradicionais anglo-americanos. Diplomado pelo Seminário, Holden se ofereceu para trabalhar no Brasil, e foi aceito pelo Conselho de Missões Episcopais dos Estados Unidos e pela Sociedade Bíblica Americana.
Antes de vir ao Brasil, vai a Europa visitar seu pai, e em novembro de 1860,  embarcou de Liverpool rumo a Belém do Pará. Trouxe consigo um exemplar do “Brazil and the Brazilians” de autoria de Fletcher, e certa quantidade de Bíblias.
Fundou um templo em Belém, visto que o capitão americano Robert Nesbitt, já havia iniciado a distribuição de Bíblias na cidade. Usava a imprensa local para difundir o Evangelho e acabou por envolver-se em uma polêmica com o bispo Católico Romano de Belém, Dom Antônio de Macedo Costa. Até 1861, fez quatro viagens, viajou pela Bacia do Amazonas, distribuindo Bíblias e panfletos evangélicos nas vilas e cidades ribeirinhas. Foi até o Peru, levando seu saldo de Bíblias em espanhol e português.
Em 1862, mudou-se para Salvador, Bahia, onde uniu-se a Thomaz Gallart. sofreram perseguições pelo clero romano e até ameaça de morte, onde o cônsul americano teve de intervir junto às autoridades a favor de Holden e Gallart, inclusive junto ao Presidente da Província. Não teve êxito na evangelização.
Em 1864 entrou em conflito com o Departamento de Missão da Igreja Episcopal Americana, que o subsidiava, e se desligou dele. Neste mesmo ano, recebeu o convite de Robert Reid Kalley para vir ao Rio de Janeiro, para sucedê-lo como pastor da Igreja Evangélica Fluminense. Chega ao Rio no dia 18 de fevereiro de 1865, e em 03 de março deste ano foi eleito co-pastor, em cooperação com o Dr. Kalley.
Em 1868 o casal Kalley viajou para a Inglaterra, e o sr. Holden ficou só, no pastorado da Igreja, até a volta do casal em 18 de junho de 1871.
Em 08 de julho de 1871, Holden retorna a Europa, e lá simpatiza-se pelo Movimento dos irmãos.
Em 1876, em Portugal, edita a primeira edição do hinário Hinos e Cânticos, cujo hinário encontra-se vários hinos de sua autoria e tradução. Em 1877 inaugura a Casa de Oração no bairro Amoreira, em Lisboa.
Em 1878, no Brasil, é registrada a primeira reunião no terreno comum nos moldes dos “irmãos”, na Rua da América,4 , na cidade do Rio de Janeiro e em 10 de julho do ano seguinte (1879) Holden chega ao Brasil para organizar esta igreja. Nesta ocasião, a igreja que dantes se reunia na Rua da América, agora reunia numa sala à Rua de São Pedro, 315 (Atual praça da República). Esta casa foi demolida quando foi aberta a Avenida Presidente Vargas.
No dia 18 de novembro de 1879, o sr. Holden embarcou de volta a Lisboa, depois de permanecer no Rio 4 meses e 8 dias. Não voltou mais ao Brasil.
Era casado com Caterina Holden, e tiveram apenas um filho, Ernest Holden.

                                              Caterina Holden


Em 17 de julho de 1886, aos 58 anos Holden falece em Lisboa, sendo enterrado no cemitério protestante da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário